Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Título de Cidadão Honorário será concedido a pastor evangélico

O pastor Jeremias Gomes Cavalcante receberá título de Cidadão Honorário como forma de reconhecimento ao seu trabalho social, evangelístico e educacional prestado no município de Parauapebas.

 

O Projeto de Decreto Legislativo nº 3/2017 que concede a Jeremias o título é de autoria do vereador José Marcelo Alves Filgueira (PMDB), conhecido como “Marcelo Parcerinho”, foi aprovado pelo parlamento durante a sessão ordinária desta terça-feira (5).

  • Publicado: Quarta, 06 de Dezembro de 2017, 15h29

 

 

Histórico

O homenageado nasceu em 16 de setembro de 1949 na cidade de Tocantinópolis, Estado do Tocantins, onde viveu até os 28 anos, vindo para Estado do Pará 1977, precisamente para o município de Marabá.

 

No ano de 1987, teve início sua chamada para o ministério sacerdotal, vindo a ser consagrado ao pastorado em 1994 na cidade do Rio de Janeiro, pela Convenção Nacional das Assembleias de Deus de Madureira (Conamad). Em 1995, pastoreou na cidade de Conceição do Araguaia e em 1996 tomou posse da igreja em Tucumã, Estado do Pará.

 

No dia 19 de julho de 1998, chega a Parauapebas para presidir a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério de Madureira, período em que trabalhou incansavelmente para o crescimento da mesma. Neste período, prestou relevante trabalho social, em parceria com a Prefeitura de Parauapebas, abraçou projeto que visava atender à comunidade local, oferecendo aula de alfabetização que acontecia nos templos da entidade, época em que também foram realizados cursos de informática. Além disso, o pastor desenvolvia junto com a igreja serviços de assistência social às pessoas necessitadas.

 

Em 2007, pastor Jeremias Cavalcante fundou a Igreja Assembleia de Deus Ministério Rio Verde, hoje com sede própria e mais cinco templos construídos, em continuidade ao seu chamado ministerial, trabalhando no incentivo à união e ao progresso espiritual, implementando valores éticos e morais, o que ele acredita ser de suma importância para a sociedade.

 

Já em 2017, o pastor Jeremias, juntamente com cinco pastores, deliberou pela fundação de uma convenção de pastores, o que já está devidamente registrada em pleno vigor, com a razão social sob o nome de Convenção Nacional de Ministros das Assembleias de Deus e Igrejas Filiadas, com a finalidade de preparar, credenciar e enviar obreiros para propagação das boas novas de salvação.

 

Texto: Josiane Quintino | Revisão: Waldir Silva | Fotos: Anderson Souza (AscomLeg)

registrado em:
Fim do conteúdo da página