Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Destaques > Plenário > Câmara volta a solicitar infraestrutura
Início do conteúdo da página

Francisca Ciza solicita implantação do Centro de Atendimento Psicossocial Infantil

Publicado em Quarta, 14 de Junho de 2017, 00h00 | Voltar à página anterior

“O município de Parauapebas tem um alto índice de crianças e adolescentes com transtornos mentais, fato este que causa sérios problemas sociais, financeiros e familiares”.

 

A afirmação foi feita pela vereadora Francisca Ciza (DEM) durante sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (13). Na ocasião, a parlamentar apresentou a Indicação nº 177/2017, na qual solicita ao Poder Executivo a implantação de um Centro de Atendimento Psicossocial Infantil (Caps-I).

De acordo com o Ministério da Saúde, o Caps-I é voltado para o atendimento de crianças e adolescentes que apresentem prioritariamente intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida. É indicado para municípios ou regiões com população acima de 70 mil habitantes.

Francisca Ciza ressaltou que a falta de uma unidade para prestar atendimento específico voltado para esses pacientes e familiares gera inúmeras dificuldades para realizar tratamento adequado.

“Crianças e adolescentes acometidos com transtornos mentais severos e persistentes necessitam de acompanhamento clínico contínuo, de modo que assim seja possível promover a reinserção social destes pacientes, trabalhando também o fortalecimento do vínculo familiar e social. A implantação de um Caps-I na cidade possibilitará a prestação de atendimento clínico em regime de atenção diária, evitando as internações em hospitais psiquiátricos fora do município, procurando assim fortalecer os laços sociais dos pacientes em seu território”, enfatizou a vereadora.

A Indicação nº 177/2017 foi aprovada e será encaminhada para o prefeito Darci Lermen, com cópia para a Secretaria Municipal de Saúde.

Texto: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva / Foto: Anderson Souza / Ascomleg

Fim do conteúdo da página